Centro Cardiológico

  • Duplex Scan Arterial ou Venoso de Membros

    Duplex Scan ou Ultrassom Doppler das artérias ou veias é um exame que permite a visualização e análise da anatomia e funcionamento das artérias/veias em todo o seu percurso, através da utilização do ultrassom. Um sensor denominado “transdutor” é colocado em contato com o membro do paciente com o auxílio de um gel condutor e uma imagem é gerada e analisada no monitor. O Doppler permite a medida das velocidades dentro dos vasos e auxiliam no diagnóstico das obstruções.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para o procedimento.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Sem necessidade de preparo adicional.
    • Não suspender medicamentos de uso habitual.


    COMO É FEITO:         

    Ao falarmos de Doppler arterial ou venoso, estamos nos referindo a diversos exames que tem por característica a avaliação do fluxo de sangue das diversas artérias e veias do corpo.

    O paciente é posicionado em pé, sobre uma plataforma ou deitado, a depender do território a ser analisado. É colocado gel condutor no membro, seguida da análise com um transdutor. Através do uso de uma técnica denominada Doppler, as velocidades do fluxo de sangue permitem o diagnóstico de estenoses (obstruções) nos vasos avaliados ou refluxos anormais. O procedimento tem duração de aproximadamente 30 minutos (salvo exceções).

     

    INDICAÇÕES:

    • Avaliação da anatomia e das doenças que acometem as veias periféricas;
    • Investigação do “inchaço na perna” e das varizes;
    • Investigação da claudicação intermitente ou “dor nas pernas ao esforço”;
    • Investigação da suspeita de embolia pulmonar;
    • Outras.
  • Duplex Scan de Aorta Abdominal e Vasos Abdominais

    Duplex Scan ou Ultrassom Doppler da aorta abdominal e vasos abdominais é um exame que permite a visualização e análise da anatomia e funcionamento da aorta (a maior artéria do corpo) e seus ramos, através da utilização do ultrassom. Um sensor denominado “transdutor” é colocado em contato com o abdome do paciente com o auxílio de um gel condutor e uma imagem é gerada e analisada no monitor. O Doppler permite a medida das velocidades dentro dos vasos e auxiliam no diagnóstico das obstruções. O exame tem papel importante na investigação dos aneurismas, dissecções e trombos da aorta abdominal.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para o procedimento.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Não suspender medicamentos de uso habitual.
    • Caso o cliente tenha diabetes, deve-se consultar com seu médico para definição do horário de medicação, hipoglicemiantes orais e/ou insulina, que serão utilizados no dia do exame.
    • Necessidade de preparo específico.


    SUGESTÃO DE PREPARO:

    • O preparo deve ser orientado pelo seu médico.
    • Tomar 40 gotas ou 1 comprimido de Luftal® (dimeticona) de 6h em 6h, no dia anterior ao exame.
    • Tomar 2 comprimidos de Dulcolax ® (bisacodil) na manhã anterior ao exame. Repetir o procedimento na ausência de evacuações.
    • Jejum mínimo de 8h para os exames realizados no período da manhã e de 4h para os exames agendados para o período da tarde.


    COMO É FEITO:      

    O jejum e, quando indicado, o preparo intestinal, são necessários antes da realização do exame para diminuir a quantidade de gases na cavidade abdominal. O paciente é posicionado deitado, com a barriga para cima. É colocada generosa quantidade de gel condutor no abdome e a artéria aorta é mapeada com o uso de um transdutor ultrassonográfico em todo o seu trajeto abdominal, assim como seus ramos. Através do uso de uma técnica denominada Doppler, as velocidades do fluxo de sangue permitem o diagnóstico de estenoses (obstruções) nos vasos avaliados. O procedimento tem duração de aproximadamente 30 minutos (salvo exceções).

     

    INDICAÇÕES:

    • Avaliação da anatomia e das doenças que acometem a aorta abdominal e seus ramos;
    • Investigação das dilatações (aneurismas) da aorta abdominal;
    • Controle periódico da progressão dos aneurismas (crescimento e indicação de cirurgia);
    • Investigação e diagnóstico da dissecção aórtica (“rasgadura” ou “ruptura” da camada interna da artéria);
    • Investigação da presença de estenoses (obstruções) dos ramos arteriais da aorta (ex: estenose das artérias renais e ilíacas, entre outras).
  • Duplex Scan de Carótidas e Vertebrais

    Duplex Scan ou Ultrassom Doppler das Carótidas e Vertebrais é um exame que permite a visualização e análise da anatomia e funcionamento das artérias que transportam o sangue para o cérebro na região do pescoço, através da utilização do ultrassom. Um sensor denominado “transdutor” é colocado em contato com o pescoço do paciente com o auxílio de um gel condutor e uma imagem é gerada e analisada no monitor. O Doppler permite a medida das velocidades dentro dos vasos e auxiliam no diagnóstico das obstruções.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para o procedimento.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Sem necessidade de preparo adicional.
    • Não suspender medicamentos de uso habitual.


    COMO É FEITO:      

    O paciente é posicionado deitado, com a barriga para cima e pescoço estendido, com o queixo bem levantado. É colocado gel condutor no pescoço e as artérias carótidas e vertebrais são mapeadas em todo o seu trajeto cervical, assim como seus ramos. Através do uso de uma técnica denominada Doppler, as velocidades do fluxo de sangue permitem o diagnóstico de estenoses (obstruções) nos vasos avaliados. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 minutos (salvo exceções).

     

    INDICAÇÕES:

    • Avaliação da anatomia e das doenças que acometem as artérias carótidas, vertebrais e seus ramos;
    • Investigação de síncope ou desmaio;
    • Investigação de causas de tonturas ou vertigens;
    • Investigação do acidente vascular cerebral (derrame);
    • Avaliação do risco de doença arterial aterosclerótica (placas de gorduras nas artérias) e doença coronária através da presença de espessamentos da camada interna das artérias carótidas (“espessura íntima-media”);
    • Outras.
  • Ecocardiograma com Estresse Farmacológico

    Permite o diagnóstico e localização de obstruções das artérias do coração. O exame tem um papel especial nos pacientes com teste ergométrico (esteira) positivos, sendo capaz de confirmar ou descartar a presença de obstrução grave nas artérias e nos pacientes que são incapazes de realizar atividades físicas.

    Para a realização do exame é necessário puncionar uma veia no braço e oferecer medicamentos como, a dobutamina e a atropina.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    • Insuficiência respiratória aguda ou crônica sem suporte ventilatório;
    • Sinais de choque, arritmias instáveis ou instabilidade hemodinâmica;
    • Infarto agudo do miocárdio ou angina instável recente (inferior a 30 dias);
    • Estenoses valvares importantes e/ou sintomáticas;
    • Cuidados relativos aos medicamentos a serem utilizados: (1) Dobutamina: hipertensão arterial descontrolada, arritmias ventriculares e/ou reações adversas ao medicamento; (2) Atropina: hiperplasia prostática sintomática, aumento da pressão ocular e/ou reações adversas ao medicamento; (3) Metoprolol: história (seria histórico?) de asma grave, doença pulmonar crônica ou ‘chiados no peito´, pressão baixa ou picos hipertensivos, além de possíveis reações adversas ao medicamento.
    • Gestação.


    ORIENTAÇÕES:

    • Suspender o uso de medicamentos conforme orientações médicas.
    • O uso de betabloqueadores (propranolol, atenolol, bisoprolol, metoprolol, outros) deve ser suspenso idealmente 5 (cinco) dias antes da realização do exame, sempre de acordo com as orientação do médico assistente.
    • Obrigatória a presença de acompanhante.
    • Jejum de 6h para sólidos e de 4h para líquidos.
    • Caso o cliente tenha diabetes, deve-se consultar com seu médico para definição do horário de medicação, hipoglicemiantes orais e/ou insulina, que serão utilizados no dia do exame.
    • Se desejar, o paciente poderá trazer lanche para consumo após a realização do procedimento (necessário período de observação).


    COMO É FEITO:        

    Após a realização de uma ecocardiograma convencional, o paciente recebe medicamentos por via intravenosa (aplicados na veia) e em doses crescentes a cada 3 minutos (chamados “estágios do exame”), promovendo aumento da freqüência e da força de contração do coração. Durante a realização do exame, são verificadas continuamente a pressão arterial, a freqüência, o ritmo cardíaco, além dos níveis de oxigênio no sangue e também são realizados eletrocardiogramas em cada estágio. O paciente permanece em repouso durante 30 minutos após o término do exame. Após 60 minutos, pode retornar à sua rotina, sem restrição de dieta. Caso utilize medicação de uso contínuo, esta deverá ser ingerida normalmente.

     

    INDICAÇÃO:

    • Confirmação ou exclusão de doença coronária em pacientes com teste ergométrico positivo e baixo risco da doença;
    • Em casos de suspeita de obstrução das artérias coronárias, responsáveis pela irrigação do músculo do coração (doença arterial coronária);
    • Para reavaliação de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica (ponte de safena ou de mamária, etc.) ou angioplastia coronária com ou sem colocação de stents.
    • Outras.
  • Ecocardiograma Transesofágico

    É um método especial de ultrassom do coração no qual são utilizados medicamentos para tentar “provocar” uma isquemia no músculo cardíaco, através do aumento da frequência cardíaca e da força dos batimentos. A isquemia se manifesta com a redução da contração de parte dos músculos cardíacos e Ecocardiograma transesofágico é um método especial de ultrassom do coração no qual uma sonda, bem parecida com a de endoscopia (utilizada para exame do esôfago e estômago), é introduzida pela boca do paciente e posicionada no esôfago, em contato próximo com o coração. A proximidade do coração permite uma qualidade de imagem muito superior e a visualização de estruturas de difícil acesso pelo tórax do paciente. O exame tem um papel especial no estudo das válvulas cardíacas, dos átrios e seus defeitos e na avaliação da presença de trombos ou vegetações.

    Para a realização deste exame é necessário puncionar uma veia no braço e realizar uma sedação superficial para diminuir o desconforto da realização do exame.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Munido de pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    • Estenoses, divertículos ou doenças esofagianas ativas;
    • Insuficiência respiratória aguda ou crônica sem suporte ventilatório;
    • Sinais de choque, arritmias instáveis ou instabilidade hemodinâmica;
    • Sangramento digestivo alto ativo recente;
    • Distúrbios da coagulação, anemia aplásica, anticoagulação excessiva ou uso recente de fibrinolítico;
    • Deformidade da caixa torácica.


    ORIENTAÇÕES:

    • Não suspender os medicamentos de uso habitual.
    • Obrigatória a presença de acompanhante.
    • Jejum de 8h para sólidos e de 4h para líquidos.
    • Caso o cliente tenha diabetes, deve-se consultar com seu médico para definição do horário de medicação, hipoglicemiantes orais e/ou insulina, que serão utilizados no dia do exame.
    • Será necessário período de observação após o exame; alimentos serão permitidos apenas após o efeito da anestesia tópica (cerca de 2h após o término do exame).


    COMO É FEITO:   

    As imagens são obtidas por meio de transdutor presente na extremidade da sonda esofágica, introduzida após anestesia local da orofaringe com lidocaína. A sedação é oferecida para conforto do paciente, sendo habitualmente realizada com midazolam (benzodiazepínico) intravenoso. Em casos excepcionais e/ou em crianças, pode ser necessária sedação profunda ou anestesia geral acompanhada por anestesiologista. A anestesia da garganta é de curta duração, porém é recomendado evitar alimentos muito quentes ou secos na primeira hora após a realização do exame. Caso o paciente receba sedação, será liberado somente após acordar. Na primeira hora após a sedação, poderá persistir algum grau de sonolência ou tontura, como pode persistir também, algum efeito sedativo por até 12 horas. O paciente deverá evitar atividades que requeiram atenção, como dirigir veículos ou manusear máquinas. Caso utilize medicação de uso contínuo, esta deverá ser reintroduzida normalmente.


    INDICAÇÕES:

    É indicado para visualizar a anatomia cardíaca e suas más formações, diagnóstico de fontes de embolia pulmonar e sistêmica, presença de trombos intracavitórios pré-cardioversão, melhor detalhamento anatômico e funcional das valvas cardíacas e de próteses valvares (sobretudo em posição mitral), diagnóstico e avaliação de complicações de endocardite, diagnóstico de doenças da aorta, e ecocardiografia transtorácica com limitação importante de imagem.

  • Ecocardiograma Transtorácico

    Ecocardiograma é um exame que permite a visualização, em tempo real, das medidas, anatomia e funcionamento das estruturas cardíacas através da utilização do ultrassom. Um sensor denominado transdutor é colocado em contato com o tórax do paciente com o auxílio de um gel condutor e uma imagem é gerada e analisada no monitor. O Doppler é uma técnica complementar que permite a medida das velocidades dentro do coração e vasos, auxiliando no diagnóstico das doenças que acometem as válvulas cardíacas.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para o procedimento.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Sem necessidade de preparo adicional.
    • Não suspender os medicamentos de uso habitual.

     

    COMO É FEITO:    

    Com o paciente deitado, as estruturas do coração são analisadas em diferentes posições. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 a 30 minutos. Salvo exceções.

     

    INDICAÇÃO:

    Está indicado para a avaliação de:

    • Função ventricular esquerda, de dispneia e edema, e das cardiomiopatias;
    • Valvopatias de sopro cardíaco e de próteses valvares;
    • Dor torácica com suspeita de etiologia cardíaca, com diferenciação entre síndrome isquêmica aguda; pericardite; dissecção de aorta; estenose valvar aórtica; prolapso de valva mitral; cardiomiopatia hipertrófica e outras patologias extracardíacas, como tromboembolismo pulmonar, doenças do esôfago ou osteoneuropatias;
    • Efeitos da hipertensão arterial sistêmica;
    • Eventos cardioembólicos, centrais ou periféricos;
    • Hipertensão no tromboembolismo pulmonar e em doenças pulmonares;
    • Substrato anatômico para arritmias e síncope;
    • Massas e tumores intracardíacos;
    • Doenças do pericárdio;
    • Doenças da aorta torácica, da artéria pulmonar e das veias cavas e pulmonares;
    • Cardiopatias congênitas;
    • Pacientes criticamente enfermos ou politraumatizados;
    • Rotina cardiológica em pacientes assintomáticos, porém sob situações especiais, como gravidez ou atividade atlética de alto desempenho;
    • Doenças sistêmicas ou de terapêuticas com envolvimento cardíaco;
    • Seguimento evolutivo dessas doenças ou avaliação do efeito de medidas terapêuticas;
    • Monitorização cardíaca durante procedimentos invasivos (por exemplo: biópsia miocárdica);
    • Outras.
  • Ecocardiograma Transtorácico Tridimensional

    Ecocardiograma tridimensional é a evolução do ecocardiograma convencional, denominado bidimensional e permite a avaliação e reconstrução espacial das estruturas cardíacas através da utilização do ultrassom. Um sensor especial denominado transdutor tridimensional é colocado em contato com o tórax do paciente, com o auxílio de um gel condutor e uma imagem tridimensional é gerada e analisada no monitor. Este método permite avaliação mais precisa dos volumes, da função e da sincronia cardíaca, complementando o exame bidimensional e o Doppler.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Compareça com antecedência ao Centro Cardiológico do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro no horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato através do telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para este exame.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Sem necessidade de preparo adicional.
    • Não suspender os medicamentos de uso habitual.

     

    COMO É FEITO:        

    Da mesma forma que o exame transtorácico convencional, com o paciente deitado, as estruturas do coração são analisadas em diferentes posições. A diferença está no uso de um transdutor especial, capaz de adquirir blocos de imagens tridimensionais. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 a 30 minutos (salvo exceções), porém é necessária a utilização de softwares específicos, de última geração, que permitem a reconstrução tridimensional da imagem e análise das informações pertinentes posteriormente à liberação do paciente.

     

    INDICAÇÕES:

    • Análise anatômica em patologias cardíacas congênitas e adquiridas;
    • Mensuração dos volumes ventriculares e da massa do ventrículo esquerdo;
    • Estudo do remodelamento ventricular;
    • Mensuração dos volumes atriais e do estudo do remodelamento atrial;
    • Análise da contratilidade ventricular esquerda;
    • Análise da correção cirúrgica das patologias cardíacas congênitas e adquiridas;
    • Indicação e seguimento clínico da terapia de ressincronização cardíaca por meio de implante de marcapassobiventricular em pacientes apresentando insuficiência cardíaca classe funcional (NYHA) classe III-IV;
    • Outras.
  • Eletrocardiograma

    Eletrocardiograma é um exame não invasivo, que registra na forma de traçados, as variações elétricas que ocorrem no músculo do coração, através do posicionamento de eletrodos na superfície do tórax do paciente. O exame permite a identificação de arritmias, bloqueios e diversas doenças do coração, inclusive o infarto agudo do miocárdio.

     

    RECOMENDAÇÕES:

    Recomendamos que compareça com antecedência ao CENTRO CARDIOLÓGICO (indico destacar os termos em negrito, ao invés de caps lock) do Hospital Santa Clara, localizado no 3º andar, para abertura de cadastro, durante o horário de agendamento. Apresente o pedido médico original, documentos pessoais e carteirinha do convênio (caso utilize). Paciente com idade inferior a 18 anos deverá ser acompanhado por adulto responsável. Apresente os exames anteriores. Em caso de dúvidas, transferência ou cancelamento, entre em contato com o telefone (34) 3239-6066.

     

    CONTRAINDICAÇÕES:

    Nenhuma contraindicação para o procedimento.

     

    ORIENTAÇÕES:

    • Sem necessidade de preparo adicional.
    • Não suspender os medicamentos de uso habitual.


    INDICAÇÕES:

    São bastante amplas e o exame é utilizado sempre que se deseja avaliar o ritmo e/ou a atividade elétrica do coração. Hoje o ECG é parte integrante de uma consulta cardiológica, especialmente numa primeira consulta.

     
    COMO É FEITO:

    O paciente é posicionado deitado, com a barriga para cima e realiza-se a limpeza da pele com gaze embebida em álcool. Em seguida é colocado gel condutor para evitar interferências durante o exame e eletrodos nos punhos, tornozelos e em seis pontos do tórax, finalizando com o registro do eletrocardiograma com o paciente mantendo-se o mais relaxado possível.