Saúde em Destaque

06/06/2019

Risco de queimaduras aumenta em época de festas juninas

Em junho começam as tradicionais festas Juninas, época de comidas gostosas, fantasias, brincadeiras e festas típicas, mas é preciso ficar atento ao risco de acidentes e queimaduras. O costume de soltar balões, fogos de artifício e ficar em volta das tradicionais fogueiras juninas são responsáveis pelo aumento dos casos de queimadura. Além destes, os estalinhos, um dos preferidos das crianças podem ser tão perigosos quanto os fogos de artifício. 

Segundo a Sociedade Brasileira de Queimaduras, pelo menos 1 milhão de acidentes desse tipo acontecem no Brasil por ano, sendo 300 mil apenas em crianças. Para evitar acidentes, a dermatologista Nayara Dib recomenda a utilização de fogueiras baixas, pois estas evitam desmoronamentos que acabam espalhando as brasas. “Elas nunca devem ser acesas jogando combustível, como gasolina, álcool ou solvente”, reforça a especialista.

A médica alerta quanto aos fogos de artifício, que só podem ser utilizados com procedência garantida e, nunca, devem ser manipulados, sem antes ler o rótulo. “Jamais deixe que as crianças sejam responsáveis por qualquer fase neste processo, tanto de acender fogueiras quanto de soltar fogos”, alerta a Dra. Nayara.

            O manuseio inadequado desses instrumentos pode causar graves acidentes. “As principais sequelas deixadas pelas queimaduras provocadas por fogos de artifício são manchas, cicatrizes retráteis que encurtam a pele e comprometem os movimentos, lesões na córnea e, inclusive, casos de amputação de membros”, esclarece a especialista.

            Em caso de acidentes envolvendo queimaduras, a médica informa que o ideal é molhar a região queimada com água corrente e não aplicar nenhum remédio ou receita caseira sobre a pele. “Em seguida, o paciente deve ser encaminhado a um serviço de Saúde, pois em muitos casos o ferimento é pequeno, porém profundo, o que reforça a necessidade de um diagnóstico adequado e de um pré-atendimento especializado”, alerta.

voltar