Saúde em Destaque

04/07/2018

Sente mais dor no frio?

Em algum momento da vida você já deve ter se perguntando por que sentimos mais dores no frio. Isto acontece porque, em baixas temperaturas, há a contração do músculo para tentar manter o corpo aquecido. Os vasos sanguíneos também se contraem levando menos sangue às extremidades do corpo, o que acarreta uma diminuição do fluxo sanguíneo nas articulações e, por consequência, a manifestação da dor. Uma pancada, como bater o dedinho do pé, por exemplo, dói muito mais com a articulação contraída do que em dias mais quentes em que a circulação de sangue é maior.

Já as dores nas articulações, muito comuns entre os idosos, são provocadas quando o líquido sinovial – que auxilia a lubrificação das superfícies articulares – se torna mais espesso também em função da temperatura corporal.

Outro fator que pode influenciar é a falta da atividade física. No frio, é comum dar mais preguiça e as pessoas tendem a ficar mais quietas e paradas. Quanto menos movimentos, menos calor o corpo produz e a sensação de frio aumenta.

Para evitar as dores nesta estação, o ideal é manter a rotina normal, praticando as atividades físicas e as funções comuns no dia a dia, pois quando nos exercitamos, elevamos a nossa temperatura, revertendo os processos que causam as dores. Além disso, também ajuda a nos manter aquecidos.

Evite também passar frio desnecessário, use agasalho, movimente-se e coma adequadamente. Apesar da temperatura baixa, ainda assim é necessário beber bastante líquido para se manter hidratado. Músculos e articulações precisam da hidratação para não prejudicar os movimentos e causar dores.

voltar